Tamanho do texto

Vídeo mostra momento em que diretora de escola recebeu uma 'voadora' de um dos homens que tentavam instalar a faixa na entrada da instituição de ensino; servidor foi exonerado do cargo e policiais apuram caso de agressão

Vídeo mostra momento após diretora de escola sofrer agressão por assessor de verador
Reprodução/Twitter
Vídeo mostra momento após diretora de escola sofrer agressão por assessor de verador

A diretora de um Centro Municipal de Educação Infantil (Cmej), localizado no Residencial Buena Vista, em Goiânia, foi vítima de agressão após tentar impedir que dois homens colocassem uma faixa de agradecimento ao vereador Paulo Magalhães (PSD) na entrada da instituição de ensino, na tarde desta quarta-feira (13).

Leia também: Onda de feminicídios atinge Carnaval e renova urgência de lutas no Dia da Mulher

Segundo relatou uma pessoa que testemunhou a agressão à Polícia Militar, os dois homens que tentavam colocar a faixa haviam informado que estavam no local a serviço do vereador. Enquanto Keilly Mágila Gonçalves Assis Moura conversava com um dos homens e pedia para que parassem a ação, o outro acompanhante teria dado uma ‘voadora’ nas costas de Keilly, que acabou batendo com o rosto no muro e caiu desacordada.

Um vídeo feito por uma das testemunhas e divulgado nas redes sociais mostra a diretora com um sangramento no rosto e sendo ajudada pelos outros funcionários da escola. O homem suspeito de ter cometido a agressão também aparece no vídeo e afirma que estava “trabalhando”, enquanto as testemunhas o chamam de “covarde”.

Leia também: Homem joga ácido no rosto da ex-mulher por não aceitar fim de relação, em AL

Em nota, a assessoria de imprensa do vereador se pronunciou sobre o ocorrido e pediu a exoneração do servidor. “O vereador lamenta profundamente o ato e deixa claro não compactuar com qualquer ato de violência, sobretudo, contra as mulheres”, esclareceu.

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) também lamentou o ocorrido, apontando que o caso deve ser investigado pelas autoridades policiais e frisando que pretende acompanhar a apuração dos fatos.

Leia também: Idosa dá 'gravata' e faz mulher desmaiar em briga de trânsito em MG, veja vídeo

Keilly foi socorrida e encaminhada - já consciente - ao Centro de Atendimento Integrado à Saúde (Cais) do Bairro Goiá, com uma luxação na clavícula esquerda, edemas nos lábios e no rosto. Logo após, a vítima foi transferida para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, onde passou por uma tomografia. O caso de agressão foi registrado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas