Colunista
Divulgação
Colunista

A Agência de Cooperação Internacional do Japão — país com tarimba em prevenção de áreas sob risco de grandes tragédias — concluiu na sexta-feira (6) a primeira fase de análise das áreas afetadas pelas chuvas de fevereiro e março em Petrópolis. Os especialistas vão fazer um estudo técnico para definir que mecanismos serão usados não só na recuperação da cidade, como na prevenção de novos desastres. Um dos objetivos é avaliar a viabilidade de implantar o mesmo tipo de barreiras utilizadas no Oriente, e com projeto já em andamento em Friburgo e Teresópolis.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários