Bolsonaro chama Lula de
Reprodução
Bolsonaro chama Lula de "bandido" e diz: "Vão roubar nossa liberdade"

presidente Jair Bolsonaro (PL) discursou nesta segunda-feira (31) para trabalhadores e políticos em uma unidade da Petrobras em Itaboraí, no Rio de Janeiro. Durante sua fala, o mandatário falou sobre a estatal durante os governos petistas e chamou o  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de "bandido".

"O mesmo cara que quase quebrou o Brasil de vez e destinou um prejuízo de quase R$ 1 trilhão. Estamos numa guerra. Se aquele bando, aquela quadrilha voltar, não vai ser apenas Petrobras que deve ser arrasada, vão roubar a nossa liberdade", disse o presidente.

A fala do capitão do Exército teve quase 20 minutos de duração e foi, em sua maioria, focada em atacar adversários políticos.

Segundo Bolsonaro, o Partido dos Trabalhadores (PT) "ocupou o Brasil por um projeto de poder" e causou prejuízos devido a política de preços dos combustíveis.

Leia Também

"A Petrobras tem manual para isso, tem competência, tem capacidade, mas o PT, que chegou com um brilhante discurso em 2003, se voltou para um projeto de poder, comprando partidos políticos, comprando quem aparecesse pela frente", afirmou.


O mandatário ainda ressaltou que sua vitória eleitoral em 2018 foi um "milagre" e sobre a dificuldade em liderar os ministérios com indicações técnicas devido a "pressões para voltar o que sempre foi a política nacional".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários