Ricardo Salles e Bolsonaro
Marcos Corrêa/PR
Salles e Bolsonaro devem prestar esclarecimento sobre desmatamento da Amazônia. Despacho foi expedido pela ministra Carmen Lúcia, do STF

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF) , determinou que o presidente Bolsonaro (sem partido) e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles , prestem informações anuais sobre o desmatamento da Amazônia com "urgência e prioridade".

Sob prazo de cinco dias , a ministra pede também informações sobre as medidas adotadas para combater os danos. O prazo é "máximo e improrrogável", segundo diz o despacho.

A determinação está na Ação Direta de Inconstitucionalidade protocolada elo partido Rede Sustentabilidade . A sigla aponta omissão das autoridades em coibir o desmatamento e solicita medida cautelar que exija ações concretas para impedir o avanço da degradação da maior floresta tropical do mundo.

Após prestar informações, Salles e Bolsonaro deverão se pronunciar à Advocacia-Geral da União (AGU) e Procuradoria-Geral da República (PGR) no "prazo máximo e prioritário de três dias casa".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários