Focos de incêndio no Pantanal bateram recordes em 2020.
Divulgação/PrevFogo MS
Focos de incêndio no Pantanal bateram recordes em 2020.

Setembro já é o mês com maior número de focos de  incêndio no Pantanal de toda a série histórica do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), cuja medição começou em 1998. As informações são do G1 .

Até a última quarta-feira (23), haviam sido registrados 6.048 pontos de incêndio no bioma desde o início de setembro.

É a primeira vez que um mês supera os seis mil focos no Pantanal . O último recorde pertencia a agosto de 2005, com 5.993 focos de incêndio.

Três meses antes de terminar, 2020 já  ultrapassou o recorde de queimadas para o Pantanal em um ano. Todos os meses tiveram um número de queimadas acima da média.

De janeiro até o momento, foram registrados no total 16.201 focos de incêndio. O recorde anterior era do ano completo de 2005, com 10.025 focos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários