Tamanho do texto

De acordo com biólogos que analisaram o corpo do animal, baleia abortou antes de encalhar e já carregava o lixo no estômago há alguns anos

undefined
Cortesia/Seame Sardinia
Baleia foi encontrada encalhada e próxima de um feto em estado de decomposição


Biólogos italianos estão intrigados depois de que uma baleia foi encontrada morta em uma praia de Sardenha, no litoral da Itália, na última semana. Na análise do corpo do animal foi encontrado um feto em estado de decomposição e cerca de 22 quilos de lixo dentro do estômago.

Leia também: Jonas do século 21? Mergulhador sai ileso após ser quase engolido por baleia

O caso está sendo acompanhado pela SeaMe, uma organização sem fins lucrativos que trabalha apenas na preservação e atenção às espécies da vida marinha. Biólogos da ONG foram deslocados até Sardenha para fazer registros da baleia após relatos de frequentadores da praia.

Em entrevista à CNN , Luca Bittau, presidente da SeaMe, disse que os biólogos trabalham com a hipótese de que o aborto foi feito antes de o animal encalhar.

Leia também: ONG conclui que é “compreensível” baleia encontrada em área de mata no Pará

“Temos certeza que ela abortou antes mesmo de encalhar. O feto estava em um estado avançado de decomposição”, afirmou.

Bittau ainda acredita que o motivo da morte do animal se deu pela encalhada, mas alertou sobre a presença de lixo no estômago.

“Entramos rede, linhas de pesca, caixas de sabão em pó, além de muitos outros produtos que não conseguimos identificar”.

Leia também: Japão anuncia saída de comissão de proteção às baleias e retoma caça comercial

De acordo com os biólogos, a baleia é da espécie calhote, bastante frequente nos mares da Europa, e tinha próximo de oito metros de comprimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.