Anthony Garotinho não será candidato ao governo do Rio
Reprodução/Instagram
Anthony Garotinho não será candidato ao governo do Rio


A Executiva nacional do União Brasil decidiu retirar a pré-candidatura de Anthony Garotinho ao governo do Rio. O nome de Garotinho foi descartado após encontro, na tarde desta terça, entre o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, e o líder do diretório fluminense, Wagner dos Santos Carneiro. Horas antes, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski rejeitou a ação movida pelo ex-governador , o que, na prática, mantém sua inelegibilidade para as eleições deste ano. Em paralelo, caciques do União faziam pressão para que a candidatura fosse retirada e a sigla declarasse apoio ao governador Cláudio Castro (PL), que tenta a reeleição.

A esta equação, soma-se também o fato de a pré-candidatura de Garotinho não ter alcançado os índices almejados nas pesquisas de opinião de votos. A última pesquisa Datafolha, do início do mês, mostra que ele aparece na terceira posicção, com 7% dos votos, atrás de Marcelo Freixo (PSB) e Cláudio Castro (PL), que pontuaram 22% e 21%, respectivamente. Em nota, Garotinho informou que define até a próxima sexta se será candidato à Câmara dos Deputados.


Filha de Garotinho, a deputada federal Clarissa Garotinho (União) será candidata ao Senado pela legenda. Na reunião, ficou alinhado que os membros da família Garotinho não terão a obrigação de apoiar Castro à reeleição.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram  e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários