Felipe Coelho e os pais
Instagram/@felipecoelhomusic
Felipe Coelho e os pais

Um casal de idosos foi encontrado morto a facadas, na madrugada deste sábado (25), em um apartamento no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Segundo informações do jornal O Globo, os corpos de Geraldo Pereira Coelho, 73, e Oselia da Silva Coelho, 72, foram encontrados no sofá-cama da residência. O genro deles, o oficial da Marinha Cristiano da Silva Lacerda, é o principal suspeito do crime. Ele foi encontrado também ferido dentro da cama-baú do quarto do ex-namorado e filho das vítimas, Felipe Coelho.

Cristiano foi preso em flagrante e está internado sob custódia no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, na mesma região. A provável causa do crime seria ciúmes e a investigação segue pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).

Em entrevista ao jornal carioca o filho do casal contou que conheceu Cristiano há cerca de dois anos, no começo da pandemia. Felipe, que é professor de inglês, residia em Fortaleza na época e se mudou para o Rio de Janeiro por conta do namorado.

Desde o começo da relação eles moravam juntos no apartamento onde ocorreu o crime. Segundo Felipe, em abril, no último carnaval, Cristiano deu um tapa no rosto e um soco no peito do professor de inglês. As agressões motivaram o término do relacionamento, contudo, o militar  continuou morando no imóvel enquanto procurava outro local.

Filho postou homenagem aos pais nas redes sociais

Neste sábado (25), Felipe postou uma foto junto com os pais, no Cristo Redentor, - ponto turístico do Rio de Janeiro -, e deixou uma breve homenagem.

"Pra sempre juntos, nos braços do Pai. Meus amores eternos. Nada vai apagar esse amor. Te amo, pai. Te amo mãe", escreveu.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários