Empresários iniciaram uma campanha em defesa do sistema eleitoral brasileiro
Reprodução
Empresários iniciaram uma campanha em defesa do sistema eleitoral brasileiro


Nesta segunda-feira (25), um manifesto em defesa do sistema eleitoral brasileiro, lançado por um grupo de empresários e integrantes da sociedade civil, alcançou milhares de assinaturas. O posicionamento ocorre após o presidente Jair Bolsonaro (PL) realizar diversas críticas contra o resultado das urnas eletrônicas.

“A Justiça Eleitoral brasileira é uma das mais modernas e respeitadas do mundo. Confiamos nela e no atual sistema de votação eletrônico. A sociedade brasileira é garantidora da Constituição e não aceitará aventuras autoritárias”, diz trecho da nota.

O manifesto foi lançado com 267 assinaturas iniciais, mas o protesto já tem mais de seis mil apoiadores. O presidente da Natura, Fábio Barbosa, o ex-presidente do Credit Suisse no Brasil José Olympio Pereira e a presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, Luiza Trajano fazem parte da iniciativa.

Uma  página na internet foi criada para poder coletar mais assinaturas.

Confira na íntegra o texto do manifesto:

“O Brasil terá eleições e seus resultados serão respeitados

O Brasil enfrenta uma crise sanitária, social e econômica de grandes proporções. Milhares de brasileiros perderam suas vidas para a pandemia e milhões perderam seus empregos.

Apesar do momento difícil, acreditamos no Brasil. Nossos mais de 200 milhões de habitantes têm sonhos, aspirações e capacidades para transformar nossa sociedade e construir um futuro mais próspero e justo.

Esse futuro só será possível com base na estabilidade democrática. O princípio chave de uma democracia saudável é a realização de eleições e a aceitação de seus resultados por todos os envolvidos. A Justiça Eleitoral brasileira é uma das mais modernas e respeitadas do mundo. Confiamos nela e no atual sistema de votação eletrônico. A sociedade brasileira é garantidora da Constituição e não aceitará aventuras autoritárias.

O Brasil terá eleições e seus resultados serão respeitados”


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários