Margarida Bonetti
Reprodução/Instagram/@luisamell
Margarida Bonetti

O Tribunal de Justiça de São Paulo bloqueou cerca de R$ 83 mil de duas contas bancárias de Margarida Maria Vicente de Azevedo Bonetti, conhecida como  a "mulher da casa abandonada". Segundo a justiça, o motivo é uma dívida com um condomínio localizado na avenida Angélica, no bairro de Higienópolis, uma das áreas mais nobres da capital paulista.

Em 2015, uma parente de Margarida, que residia no edifício, foi flagrada por uma vizinha riscando a parede do hall do apartamento que fica do lado da casa abandonada. Com a falta de pagamento da multa, o condomínio recorreu contra a proprietária do imóvel.

Em 25 de abril deste ano, os representantes do edifício pediram R$ 7.800,30, valor que inclui a multa e o ressarcimento pelas despesas com a pintura do hall, além dos juros, honorários advocatícios e custas do processo.

Por conta da falta de pagamento, a Justiça determinou o bloqueio das contas bancárias da idosa. Do total das duas contas será retirado o valor exigido pelo condomínio, e o restante será devolvido para Margarida.

Mandado na casa abandonada

A Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão no imóvel de Margarida Bonetti no final da tarde desta quarta-feira (20). Segundo as autoridades, a senhora não autorizou a entrada e a polícia precisou quebrar a janela da casa. A ação faz parte de inquérito aberto para investigar se ela sofre de distúrbio psiquiátrico e se foi vítima de abandono de incapaz.

Video edited on Kapwing

Os investigadores estiveram no local com peritos para apurar a constatação do crime. O inquérito leva em consideração condições de higiene, edificação e saneamento básico.

A Polícia Civil pede para que a família de Margarida a retire do local, pois considera que a casa não tem condições de abrigar uma idosa.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários