Reprodução
"Pablo Escobar brasileiro" foi preso na Hungria


A Polícia Federal informou, nesta terça-feira (21), que prendeu Sérgio Roberto de Carvalho, um dos maiores traficantes internacionais da atualidade. O ex-major da PF do Mato Grosso do Sul foi preso na Hungria.

A ação foi realizada pela instituição policial brasileira em conjunto com outras agências de seguranças estrangeiras, entre elas o Escritório Central Nacional da Interpol em Budapeste/Hungria.

Informações apontam que Carvalho era conhecido como "Pablo Escobar brasileiro", em referência ao narcotraficante da Colômbia, e foi detido enquanto usava um passaporte mexicano falso no país europeu. 

A prisão aconteceu devido a investigações da Operação Enterprise, deflagrada pela Polícia Federal em 2020. As ações culminaram na expedição de Mandados de prisão para o Major Carvalho e outros investigados.


Além disso, a investigação também acarretou a apreensão de mais de R$ 500 milhões da organização criminosa da qual Sérgio Roberto de Carvalho era líder.

"No momento, a Polícia Federal adota as providências formais decorrentes da captura após as diligências policiais que culminaram nessa importante prisão", afirmou a entidade em nota.

A PF ainda não confirmou se o ex-major ficará preso na Europa ou se será extraditado para o Brasil para cumprir a pena.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários