Operação se concentra em rios da região do Vale do Javari, no Amazonas, onde dupla está desaparecida desde domingo
Reprodução/Exército 7.6.2022
Operação se concentra em rios da região do Vale do Javari, no Amazonas, onde dupla está desaparecida desde domingo

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) negou que corpos tenham sido encontrados na região onde desapareceram o jornalista inglês Dom Phillips e o indigenista Bruno Araújo Pereira. A Polícia Federal também negou essas informações.

Nesta segunda-feira (13), a esposa de Dom, Alessandra Sampaio, informou que as equipes de buscas haviam localizado os cadáveres dos dois homens. A informação foi dada por ela ao jornalista André Trigueiro, do canal de notícias GloboNews.

A APIB negou as informações de Sampaio. “As organizações indígenas que acompanham o caso seguem pressionando a continuidade nas buscas. Solicitamos que aguardem uma posição oficial”, ressalta em publicação no Twitter.

A Polícia Federal também negou que corpos tenham sido encontrados na região do desaparecimento.

“O Comitê de crise, coordenado pela Polícia Federal/AM, informa que não procedem as informações que estão sendo divulgadas a respeito de terem sido encontrados os corpos do Sr. Bruno Pereira e do Sr. Dom Phillips”, afirmou, em nota.

O texto conclui. “Conforme já divulgado, foram encontrados materiais biológicos que estão sendo periciados e os pertences pessoais dos desaparecidos. Tão logo haja o encontro, a família e os veículos de comunicação serão imediatamente informados”, frisa.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários