Bolsonaro afirmou que hackers interferiram na votação do primeiro turno de 2018
Reprodução/Itamaraty Brasil - 10.06.2022
Bolsonaro afirmou que hackers interferiram na votação do primeiro turno de 2018

presidente Jair Bolsonaro (PL) disse neste domingo, sem apresentar provas, que venceu as eleições de 2018 no primeiro turno. Ele participou por transmissão ao vivo surpresa de um evento organizado por seu filho e deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), o CPAC Brasil.

"O que eu vou falar agora, eu não tenho prova, vou deixar bem claro. No primeiro turno, por indícios fortíssimos, eu ganhei", disse o presidente.

Bolsonaro afirmou que hackers interferiram na votação do primeiro turno da última eleição presidencial e sugeriu que um partido adversário ao seu foi o responsável por contratar os invasores.

Em seguida, disse que, como o suposto mandante não fez o pagamento adiantado, os hackers não atacaram o sistema eleitoral no segundo turno, e ele derrotou Fernando Haddad (PT). O próprio Bolsonaro declarou não ter como provar o que disse.


Bolsonaro passou cerca de uma hora colocando suspeição sobre as eleições de 2014, 2018 e 2020, também sem apresentar qualquer prova. Ele afirmou que as últimas eleições municipais não deveriam ter acontecido enquanto investigações sobre o pleito vencido por ele não fossem concluídas.

No discurso em vídeo, Bolsonaro afirmou que a esquerda pode voltar ao poder "das mais variadas formas". Uma delas, segundo ele, é enganando a população. A segunda opção envolveria uma fraude.

"E também, de outra forma, é você aparelhando instituições. Quem é que colocou o Lula na rua? Foi o Fachin (ministro do STF). É apenas uma dica do que está acontecendo."

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários