O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado do ministro Carlos França, reuniu-se hoje com o presidente dos EUA, Joe Biden, à margem da IX Cúpula das Américas, em Los Angeles.
Reprodução/Itamaraty Brasil - 10.06.2022
O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado do ministro Carlos França, reuniu-se hoje com o presidente dos EUA, Joe Biden, à margem da IX Cúpula das Américas, em Los Angeles.

Minutos antes de falar na Cúpula das Américas, nesta sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro falou com jornalistas na porta do hotel onde está hospedado, em Los Angeles, e adiantou que será um discurso "bastante objetivo", destacando as "potencialidades do Brasil".

"Talvez eu fale um pouco de improviso também sobre a questão com o Paraguai, com Guiana, com o Suriname, sobre a sua nova descoberta de óleo e gás jazida equivalente a 40% do que nós temos no Brasil", afirmou. "Sobre o Paraguai, temos um projeto bastante avançado, a piscicultura na no Lago de Itaipu, que pode aumentar nossa produção de pescado em 40%. A América do Sul, como um todo, as Américas, tem um potencial enorme."

Bolsonaro também voltou a elogiar a conversa que teve no dia anterior com o presidente americano, Joe Biden, o primeiro encontro bilateral entre os dois chefes de Estado.

"Até agora está 100%. Até a minha própria conversa com Joe Biden ontem foi muito boa. Ficamos sentados a menos de um distância, olho no olho por 30 minutos e sem máscara. E foi uma conversa bastante franca, muita coisas técnicas estratégicas que infelizmente vocês não vão tomar conhecimento. Mas é muito bom para mais do que o Brasil ou os Estados Unidos. É muito bom para o mundo a nossa conversa."

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários