Eduardo Bolsonaro lidera ranking de denúncias no Conselho de Ética
Reprodução/Nilson Bastian Câmara dos Deputados - 10.05.2022
Eduardo Bolsonaro lidera ranking de denúncias no Conselho de Ética

Eduardo Bolsonaro (PL) é o deputado federal com maior número de denúncias protocoladas no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, contando desde o início da atual legislatura (2019-2022).

Entre os partidos, o primeiro na lista é o Partido Liberal, pelo qual o presidente Jair Bolsonaro é pré-candidato à reeleição, como a legenda com mais representações.

No total, das 55 denúncias recebidas pela casa, 26 foram contra deputados. Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, foi o político campeão, com 10 casos. Em seguida, está o deputado Daniel Silveira (PTB), com nove denúncias. Os dados foram levantados pelo deputado Elias Vaz (PSB) e revelados pelo UOL nesta segunda-feira (16/5).

Eduardo Bolsonaro tem sido investigado pelo Conselho de Ética por debochar do episódio de tortura sofrido pela jornalista Míriam Leitão durante a ditadura militar. A denúncia, protocolada pelo PSol e pela Rede Sustentabilidade, argumenta que o deputado pregou o rompimento da ordem constitucional e do regime democrático, fez apologia a crimes e atentou contra a dignidade do Parlamento.

O conselho é composto por 23 parlamentares, entre os quais, 16 são do Centrão, base de apoio do governo Bolsonaro. Isso colaborou para que parte das denúncias contra o deputado fossem arquivadas.

Além do caso Míriam Leitão, que resultou em três representações contra o 03, Eduardo também recebeu denúncias por propor um “novo AI-5”, ato mais repressivo do regime militar; cometer misoginia contra a ex-bolsonarista Joice Hasselmann (PSDB) e a petista Maria do Rosário (PT); criticar reportagens sobre uso de máscaras; e associar o senador Humberto Costa à Operação Lava Jato.

Líder de denúncia

O Partido Liberal (PL) é a legenda com o maior número de parlamentares denunciados. Ele é conhecido por ser o partido do presidente Jair Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro. Entre as 55 ações, 28 foram contra nove deputados filiados à legenda. Isso representa 51% dos casos ou 34% dos parlamentares denunciados.

O PL ainda lidera o ranking de denúncias mesmo se considerar apenas uma denúncia por parlamentar. Nesse caso, a sigla seria a campeã, com nove. Em seguida, aparecem o Republicanos, com quatro e o Psol, com três. PT, PP, PROS, PSD e União Brasil também tiveram parlamentares representados no Conselho de Ética.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários