Frente fria despenca temperaturas pelo Brasil ao longo da semana
Reprodução 1.4.2022
Frente fria despenca temperaturas pelo Brasil ao longo da semana

Já prepare o casaco e o chocolate quente. A semana pode ser de  frio intenso na maioria do país, segundo alerta da Defesa Civil Nacional. Desde de ontem (15), uma massa de ar frio de origem polar começou a avançar pelo Sul do Brasil e, ao longo da semana, vai influenciar as temperaturas no Sudeste, Centro-Oeste e Norte do Brasil. 

Na região Sul, a expectativa é de temperaturas negativas e geadas generalizadas, com possibilidade de neve entre esta segunda-feira (16) e terça-feira (17) nas serras gaúcha e catarinense.

No Sudeste, a previsão é de frio intenso também. Em São Paulo e no sul e sudoeste de Minas Gerais existe a possibilidade de geada até o dia 23 de maio. O mesmo deve ocorrer na região Centro-Oeste, que também tem previsão de geada para o sul de Mato Grosso do Sul.

No Norte do país, as baixas temperaturas devem atingir, principalmente, os estados do Acre e de Rondônia.

Capital paulista 

As temperaturas no estado de São Paulo deverão cair por causa da chegada da intensa massa de ar polar. Na capital, as temperaturas mais baixas deverão ser registradas entre os dias 19 e 20, com a mínima estimada entre 7ºC  e 9ºC. A última vez que os termômetros da capital ficam abaixo de 9ºC foi em 2007, quando a estação do Mirante de Santana (INMET) registrou 8,5°C, no dia 25 de maio.

No interior do estado, as temperaturas próximas a 5ºC estão previstas para as madrugadas. No litoral, as temperaturas mais baixas devem ficar entre 11º C e 13º C.

Diante das previsões, a Defesa Civil Nacional recomendou que as defesas civis estaduais e municipais adotem ações de preparação cabíveis e reforcem a divulgação de informações para alertar a população, visando à adoção de medidas de autoproteção.

"O período exige uma atenção especial com a população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. É essencial manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene frequente das mãos".

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários