Corpos encontrados em uma rua em Bucha, cidade a noroeste de Kiev
Reprodução 04.4.2022
Corpos encontrados em uma rua em Bucha, cidade a noroeste de Kiev


O Itamaraty investiga um "possível desaparecimento" de brasileiros que teriam deixado o país para se juntar às forças estrangeiras que lutam contra as tropas russas na Ucrânia .

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, a Embaixada de Varsóvia e o posto consular avançado em Lviv apuram o caso.

Leia:EUA anunciam novas sanções duras contra Rússia, mas UE se divide sobre energia e adia novas punições.


Leia Também

O Itamaraty não confirma nomes nem quantos brasileiros estariam desaparecidos, por questões "de privacidade". Mas afirma estar à disposição para prestar a assistência cabível aos familiares.

O último contato com parentes e amigos teria sido feito há cinco dias, quando o grupo teria chegado à Polônia. Desde o início da ofensiva russa, estima-se que cerca de cem brasileiros já tenham se oferecido para integrar a legião internacional de resistência.

A força foi criada pelo Ministério da Defesa ucraniano e reúne combatentes de diferentes nacionalidades. São, em sua maioria, homens com trajetória nas Forças Armadas ou polícia de seus países.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários