Tiroteio aconteceu em bar no bairro Novo Horizonte, em Itaboraí
Reprodução / TV Globo
Tiroteio aconteceu em bar no bairro Novo Horizonte, em Itaboraí

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSGI) vai investigar o que motivou a morte de três homens e as circunstâncias em que dois policiais militares foram baleados na noite desta quinta-feira (3), no bairro Novo Horizonte, em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio. O tiroteio aconteceu em um bar que fica na esquina das ruas Samuel Garcia e Alto Rodrigues de Freitas. Moradores relataram um intenso confronto pouco depois das 20h. Um dos PMs alvejados, Fábio Souza de Lima, de 43 anos, passou por uma cirurgia que durou cerca de 4 horas durante a madrugada, e seu estado de saúde é gravíssimo.

De acordo com a Polícia Militar, agentes do 35º BPM (Itaboraí) foram acionados por volta de 20h30 para uma ocorrência na Rua Clara Borges de Souza para verificar disparos de arma de fogo. No local, os PMs encontraram Fábio – que estava de folga – baleado na cabeça. Ele foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital estadual Alberto Torres (Heat). Ao lado do PM, os militares encontraram um segundo homem morto.

Ainda segundo a Polícia Militar, uma segunda equipe do 35º BPM encontrou um terceiro homem ferido por arma de fogo dentro de um carro na região. Ele foi socorrido para o Hospital municipal Desembargador Leal Lima Júnior, mas não resistiu. Os policiais apreenderam quatro pistolas, carregadores de pistola e de fuzil, uma granada, um cinto tático e munição dentro do veículo.

Mais tarde, os agentes foram até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manilha para verificar a entrada de um terceiro baleado. Ele chegou a ser transferido para o Heat, mas acabou não resistindo.

Leia Também

Em seguida, os PMs identificaram que um segundo policial militar também havia ficado ferido na ação. Ele disse que passava pela região no momento dos disparos e chegou a reagir. O agente contou que chegou a machucar o tornozelo ao reagir à abordagem criminosa.

A DHNSGI deverá fazer uma perícia no local nas próximas horas em busca de testemunhas e de câmeras de segurança que possam identificar os autores do crime. Os nomes dos homens mortos ainda não foram identificados.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários