Chuvas em São Paulo causam deslizamentos de terra no estado
Reprodução / TV Globo
Chuvas em São Paulo causam deslizamentos de terra no estado

Na tarde desta segunda-feira (31), o Corpo de Bombeiros confirmou três novos óbitos em decorrência das fortes chuvas que atingem São Paulo desde o último sábado (29) , totalizando 24 mortos. O município com maior número de vítimas é o de Franco da Rocha, com oito óbitos.

Entre os mortos, nove são menores de idade, sendo oito crianças e um adolescente. As chuvas  também deixaram feridos e desaparecidos em várias regiões do estado e, de acordo com a Defesa Civil, 660 famílias estão desabrigadas ou desalojadas.

Além disso, deslizamentos de terra, desabamentos, transbordamento de rios e alagamentos foram registrados após os temporais.

As mortes, até o momento, foram contabilizadas em oito regiões de São Paulo : Várzea Paulista (5), Embu das Artes (3), Jaú (1), Arujá (1), Franco da Rocha (8), Francisco Morato (4), Ribeirão Preto (1), Itapevi (1). 


Na manhã de hoje, o prefeito de Franco da Rocha, Nivaldo Santos (PTB), disse que ainda não é possível saber o número de pessoas que estão desaparecidas após as chuvas. "A gente trabalha com mais de 10 desaparecidos, mas não é um número ainda confirmado", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários