Chuvas em São Paulo causam deslizamentos de terra e desabamentos no estado
Divulgação/Governo de São Paulo
Chuvas em São Paulo causam deslizamentos de terra e desabamentos no estado

As fortes chuvas que atingem o estado de São Paulo desde o último sábado (29) deixaram 21 mortos até o momento, segundo a Defesa Civil, sendo nove crianças e adolescentes. 

Além das mortes, os temporais também deixaram feridos e desaparecidos, causando deslizamentos de terra, desabamentos, transbordamento de rios e alagamentos em várias cidades do estado. Cerca de 660 famílias estão desabrigadas ou desalojadas.


As mortes, até o momento, foram registradas em oito regiões de São Paulo :

- Várzea Paulista (interior de São Paulo) - Cinco pessoas da mesma família morreram após a casa onde moravam ter sido atingida por um desmoronamento. Entre as vítimas estão um casal, um bebê de 1 ano e duas crianças, uma de 10 e outra de 12 anos;

- Embu das Artes (Grande São Paulo) - Três pessoas da mesma família morreram após terem a casa atingida por um deslizamento na madrugada desse domingo (30). Entre as vítimas estão a mãe e os dois filhos, uma menina de 4 anos e um jovem de 21. Quatro pessoas conseguiram escapar;

- Jaú - Um homem de 61 anos morreu após a casa onde morava ter sido invadida pela água da chuva;

Leia Também

- Arujá - Um homem de 59 anos morreu após o carro que ele dirigia ficar submerso pelas chuvas;

- Franco da Rocha - Cinco pessoas morreram, segundo a prefeitura;

- Francisco Morato - Quatro pessoas morreram, sendo três crianças e um adolescente. Oito ficaram feridos e quatro seguem desaparecidos;

- Ribeirão Preto - Um homem de 57 anos morreu ao ser arrastado pela enxurrada;

- Itapevi (Grande São Paulo) - Um bebê morreu vítima de um desabamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários