Município de Itajuípe (BA) tomado pelas chuvas
Graer/ PMBA
Município de Itajuípe (BA) tomado pelas chuvas

Devido as  fortes chuvas que ocorrem no sul da Bahia desde semana passada, o  governador do estado, Rui Costa (PT) anunciou nesta terça-feira (28) que algumas cidades tiveram seus estoques de vacinas destruídos após enchentes.

"Em alguns locais 100% de todo medicamento, de todas as vacinas, foram perdidas, porque algumas secretarias municipais de saúde, e os depósitos e os medicamentos ficaram embaixo da água completamente, é o caso da cidade de Jucuruçu e outras localidades", disse o político em entrevista coletiva.

As chuvas prejudicaram 470 mil moradores, deixaram 31 mil desabrigados e 20 mortos.

"Nesse momento é repor o mais rápido possível medicamentos, vacinas e material para atenção médica", disse o governador.

O petista também alertou para as possíveis doenças que podem ser transmitidas através do contato com água contaminada, como a leptospirose.

"Nós temos o desastre natural e temos duas pandemias acontecendo ao mesmo tempo. A pandemia do coronavírus e esse vírus da gripe que tem assolado o país inteiro e também a Bahia. Por isso é fundamental a atenção e ação dos médicos".

Sobre a verba para reconstrução das cidades atingidas pelos temporais, o governador disse que ainda não tem previsão."Não é possível, nesse momento, eu estipular prazo de recuperação de estrada nem federal, nem estadual. Não é possível porque nós não temos a dimensão exata do estrago", afirmou Costa.

Ao ser questionado por um repórter sobre Jair Bolsonaro (PL) não ter comparecido ao estado em meio a tragédia , Rui Costa aparentou não se importar com as decisões do presidente no momento.

"Eu confesso que não me dei tempo para ver a agenda e nem rede social do presidente da República e nem de outras pessoas públicas. Eu estou concentrado aqui no trabalho, concentrado em salvar vidas humanas, em cuidar das pessoas", firmou o petista.

Ainda nesta terça, os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e da Cidadania, João Roma, irão sobrevoar as áreas mais atingidas pelas chuvas na cidade de Ilhéus.

O governo federal enviou R$ 20 milhões para ajudar as cidades destruídas pelas enchentes. Segundo o ministro da Cidadania, João Roma, 90 médicos foram transferidos para cuidar dessas regiões.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários