Salvador aciona sirene devido às fortes chuvas nas proximidades
Reprodução
Salvador aciona sirene devido às fortes chuvas nas proximidades

Em decorrência das fortes chubas que atingiram a capital da  Bahia desde a última sexta-feira (24), a Defesa Civil de Salvador (Codesal) emitiu um alerta com a sirene - na região do Bosque Real, em Sete de Abril, e em Moscou, em Castelo Branco - para alertar a populaçãão dos riscos de uma nova enchurrada.


Nas últimas 72h, os índices pluviométricos registraram um total de 150mm de chuva - situação considerada um alerta máximo pelo protocolo de segurança.

As secretarias de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Sempre) e da Educação (Smed) - junto a equipe da Codesal - auxiliam os moradoes desabrigados.

Leia Também

Ana Paula Matos, vice-prefeita, aletrou os cidadãos sobre os próximos passos caso a sirene seja novamente acionada. "Procure sair de casa e busque um abrigo seguro. E qualquer situação de emergência deve acionar a Codesal, através do número 199. O mais importante neste momento é preservar a própria vida".

Segundo Giuliano Carlos do Nascimento, meteorologista do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador (Cemadec), em entrevista ao postal Metrópoles, as chuvas que atingem Salvador são causadas pela Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS).


Nas últimas 24 horas, o bairro Fazenda Grande do Retiro registrou um acumulado de 98,5mm de chuvas. Em todo o mÊs de dezembro, Salvador teve 355,8mm de precipitação - volume seis vezes acima do esperado, de 58,1mm.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários