Flordelis dos Santos de Souza
Reprodução
Flordelis dos Santos de Souza

A juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, autorizou que a ex-deputada federal Flordelis dos Santos de Souza seja atendida na cadeia por seu neurologista particular. O pedido foi feito pelos advogados da pastora no último dia 3. Segundo eles, Flordelis “tem passado por episódios de desmaios, lapsos de memória e dores de cabeça severas” na penitenciária Talavera Bruce, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio.

Na última sexta-feira, Nearis autorizou a consulta pelo médico, no caso desse atendimento não violar alguma norma da unidade prisional onde Flordelis se encontra e solicitou que a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informe dias e horários disponíveis para a consulta.

Na decisão, a magistrada determina ainda que a ex-parlamentar seja encaminhada para atendimento de saúde fornecido dentro da cadeia, com urgência, e solicita que a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) lhe encaminhe os dados de prontuários de atendimentos médicos já realizados pela pastora.

Flordelis completa quatro meses atrás das grades nesta segunda-feira. A ex-deputada foi presa no dia 13 de agosto deste ano após ter perdido o cargo de deputada federal e, com isso, a imunidade parlamentar. Acusada de ser mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo, ela aguarda a marcação de seu julgamento pela juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce.

Além de Flordelis, também estão presos acusados de envolvimento no crime seis filhos e uma neta da ex-deputada. Dois deles – Lucas Cézar dos Santos e Flávio dos Santos Rodrigues – foram condenados no último dia 24. O restante aguarda marcação do julgamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários