Eduardo Leite, Arthur Virgílio e João Doria juntos na prévia do PSDB: os três buscam concorrer ao Planalto em 2022
Divulgação/PSDB
Eduardo Leite, Arthur Virgílio e João Doria juntos na prévia do PSDB: os três buscam concorrer ao Planalto em 2022

O PSDB afirmou em nota oficial que os testes realizados na noite da terça-feira (23) e na madrugada de hoje (24) com a empresa de votação eletrônica para as prévias do partido "não foram totalmente satisfatórios".

Ainda segundo o partido, uma nova empresa foi contatada e novos testes serão realizados nesta manhã. Além disso, outras entidades foram contatadas para possíveis novos testes nos próximos dias.

A sigla escolheu o sistema eletrônico para realizar a escolha do pré-candidato do partido na disputa da eleição presidencial de 2022. No último domingo, porém, uma pane no aplicativo interrompeu a votação .

O partido esperava então resolver os problemas com a tecnologia e retomar a votação nesta quarta-feira, mas os testes não foram positivos. Segundo os tucanos, a escolha será feita até o próximo domingo (28) .

Leia Também

Concorrem João Doria, governador de São Paulo, Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, e o ex-senador e ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

TSE pede esclarecimentos

Nesta quarta-feira, o ministro Benedito Gonçalves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu 10 dias para que o PSDB preste esclarecimentos sobre as prévias. Ele pede que a convenção nacional do partido seja suspensa até que as falhas detectadas no processo interno de votação sejam resolvidas.

Em texto divulgado, a sigla informou que, assim que for notificada, "solicitará nota técnica à Fundação de Apoio à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs) sobre as informações pedidas".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários