Augusto Imaizumi, de 3 anos, e o irmão Otávio Imaizumi, de 4 anos
Reprodução/Facebook
Augusto Imaizumi, de 3 anos, e o irmão Otávio Imaizumi, de 4 anos

Hugo Imaizumi vai a júri popular cinco anos após matar os filhos Augusto Imaizumi, de 3 anos, e Otávio Imaizumi, de 4 anos, para se vingar da mulher. O crime aconteceu em 24 de setembro de 2016 em São José do Rio Preto, interior de São Paulo.

De acordo com o Diário Oficial desta segunda (22), o zootecnista será julgado a partir das 10h do dia 2 de dezembro.

Hugo foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de duplo homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima). Ela confessou ter dopado as crianças antes da morte.

Segundo o promotor que fez a denúncia, Hugo e sua então esposa viviam uma crise conjugal. O zootecnista, que não dormia no mesmo quarto que a mulher, matou os filhos no quarto com um canivete. Ele gravou a cena, enviou para a sogra e logo depois tentou suicídio.

A mãe foi até à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Tangará e pediu socorro a um guarda municipal. Os meninos morreram no local, enquanto Hugo ficou internado em uma UTI antes de receber alta. Hoje ele segue preso na penitenciária de Tremembé II.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários