Mulher é presa por extorquir padre que tinha conversas íntimas com seu marido
Reprodução
Mulher é presa por extorquir padre que tinha conversas íntimas com seu marido

Uma mulher de 27 anos foi presa por extorquir dinheiro de um padre, pertencente à Diocese de Catanduva, no interior de São Paulo, após flagrar o religioso tendo conversas íntimas com seu marido. O caso foi denunciado à polícia em setembro deste ano.

Segundo a emissora 'Tv Tem', a investigação apontou que a mulher começou a exigir dinheiro do padre em junho, quando ele pagou R$ 3 mil pelo silêncio da moça. Porém, a extorsão continuou e, em setembro, ela pediu mais de R$ 20 mil para que as conversas continuassem em segredo.

"A princípio ela exigia que a vítima [padre] passasse um Pix de tal valor a ela, mas como a vítima disse que não possuía tal recurso de transferência, ela disse, via WhatsApp, que pegaria o dinheiro direto com a vítima", consta no boletim de ocorrência incluído no processo.

Quem fez a denúncia à polícia foi o próprio padre, que não tinha dinheiro para pagar mulher. A suspeita foi presa no dia 15 de setembro deste ano.

Um dia após a prisão, a Justiça concedeu a liberdade provisória, com medidas cautelares, para a mulher. Ela não pode manter contato com o padre. A mulher vai responder pelo crime de extorsão, que prevê pena de 4 a 10 anos de detenção.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários