Bombeiro Walace Ricardo da Silva
Reprodução
Bombeiro Walace Ricardo da Silva

Walace Ricardo da Silva, de 31 anos, foi a primeira vítima a ser retirada de um desmoronamento de uma caverna na zona rural de Altinópolis, no interior de São Paulo, neste domingo . Ele está internado em um hospital de Ribeirão Preto, onde passa por cirurgia.

Ricardo era um dos 26 participantes de um treinamento de bombeiros civis dentro de uma localidade conhecida como Gruta Duas Bocas, quando o teto caiu sobre as vítimas resultando em um soterramento. No momento, oito pessoas ainda estão soterradas. O Corpo de Bombeiros confirmou uma morte.

Me avisaram logo cedo, umas 8h. As notícias já circulavam, foi meu cunhado que viu e me falou. Então eu só chorava com medo do que poderia ter acontecido. Temos dois filhos, um casal, e só vou ficar calma quando eu puder vê-lo - disse a mulher da vítima, Joice Carolina da Silva.

Assim que confirmado o resgate, a mulher e as irmãs de Ricardo foram para o hospital. Elas foram recebidas por uma assistente social, que repassou informações básicas sobre o estado de saúde do bombeiro.

"Ele chegou ao hospital lúcido, mas bastante machucado. Ele teve uma fratura na perna e foi levado para cirurgia no setor de Ortopedia. Ainda vai levar umas 4 horas para acabar", explicou Joice.

Leia Também

Ricardo trabalha como padeiro em Batatais. Há dois anos ele também exerce a função de bombeiro civil. Ele já ajudou a apagar incêndios, a resgatar animais e a buscar pessoas.

"Esses treinamentos eram frequentes, quase todos os meses ele fazia. E sempre era em área de risco, porque é assim mesmo, faz parte. Ontem ele saiu umas 15h e era para ter voltado hoje às 14h, para almoçar com a família", disse Joice.

Bombeiros da capital paulista e de outros municípios foram enviados para atendimento da ocorrência e buscar as oito vítimas que ainda estão sob os escombros. Ao todo, 75 bombeiros em 20 viaturas participam da ação.

O desabamento aconteceu em uma área de difícil acesso, com pouco sinal de celular, o que dificulta a comunicação. Para chegar a gruta, é preciso fazer uma trilha de 1,2 mil metros. Chove forte na região deste a madrugada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários