Equipes do Corpo de Bombeiros trabalham na Gruta Duas Bocas, em Altinópolis
Divulgação/Corpo de Bombeiros
Equipes do Corpo de Bombeiros trabalham na Gruta Duas Bocas, em Altinópolis


Nove pessoas morreram no desmoronamento de uma gruta na zona rural de Altinópolis, que fica a 346 km da Capital, segundo informações do Corpo de Bombeiros. A corporação segue nas buscas pelas outras quatro pessoas soterradas no local.

Outra pessoa foi resgatada com vida do local do acidente, com fraturas e hipotermia, e encaminhada para o hospital. 

O desmoronamento ocorreu em um local conhecido como Gruta Duas Bocas, que fica em uma propriedade particular. No momento do desabamento, 28 bombeiros civis faziam um treinamento no interior da gruta.

Segundo Major Palumbo, o Corpo de Bombeiros vai "manter todo o atendimento até que a última vítima seja retirada" do local. 

Leia Também

Leia Também

Leia Também

As outras 18 pessoas não foram vítimas do acidente. A equipe composta por 75 bombeiros de diversas regiões do estado trabalha no local para localizar resgatar os demais soterrados. Um grupo de profissionais foi enviado da Capital de avião para auxiliar no resgate. 

Leia Também

Há risco de novos desmoronamentos na área. Equipes da PM e da Prefeitura de Altinópolis também estão no local. 

Em nota, o prefeito da cidade, José Roberto Ferracin Marques, agradeceu o governador João Doria, que está na Escócia para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), pela manifestação. Mais cedo, Doria afirmou estar acompanhando o caso.

"Determinei todo apoio e recursos necessários para o salvamento. Há pouco, avião da PM de SP decolou com geólogos e Defesa Civil para ajudar no resgate", escreveu o governador. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários