Igreja Universal do Reino de Deus em Brasília
Divulgação/Igreja Universal
Igreja Universal do Reino de Deus em Brasília

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) recebeu uma denúncia da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) de que um pastor teria desviado cerca R$ 30 milhões da igreja. As informações são do Metrópoles .

O religioso, formado em arquitetura e antigo morador da Ceilândia, foi um dos responsáveis pela construção do Templo de Salomão, no bairro do Brás, em São Paulo, além de tocar obras da nova sede da Universal, às margens do Pistão Sul, em Taguatinga.

Segundo a IURD, o pastor teria direcionado contratos para uma construtora localizada em Portugal. Ele também estaria lavando dinheiro em solo estrangeiro.

Ao ser contatado pela igreja, o suspeito fugiu e, até o momento, seu paradeiro não foi descoberto. O nome do arquiteto foi preservado pela PCDF.

A versão do Templo Salomão em Brasília terá capacidade para receber 5 mil pessoar, contará com heliponto, elevador privativo, espelho d’água, arborização, garagem de três andares subterrânea, vista para o céu e uma esteira que levará o dízimo dos fiéis para um cofre.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários