Manifestação na Avenida Paulista
Reprodução / CNN Brasil
Manifestação na Avenida Paulista

Nas manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta terça-feira (7) , os  apoiadores pedem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), adoção do voto impresso e o estabelecimento de um tribunal militar.

No período da tarde, bolsonaristas se reúnem na Avenida Paulista, em São Paulo, e  aguardavam a chegada do mandatário, que discursou há pouco.

Entre as autoridades previstas para falar nesta tarde, apenas o ministro da Educação, Milton Ribeiro, discursou em um caminhão. "Nós queremos escolas abertas, sem nenhuma discussão de gênero para crianças de 6 anos, vamos preservar a inocência das crianças, tudo tem seu tempo certo e a hora certa", disse ele.

Durante o ato, os principais organizadores pediram que as pessoas que estão no local gritassem "Fora Xandão", em referência ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes . Apoiadores também falam sobre "limpeza do Congresso".

Além do apoio ao governo, manifestantes discursavam contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e tocavam música fazendo ironia com ele, enquanto pessoas cantavam e dançavam ao redor.

Grande parte dos manifestantes não usa máscara de proteção contra a Covid-19 e, de acordo com UOL, muitos mencionam que vieram de cidades do interior de São Paulo e do Paraná para participar dos atos.

— Com informações do UOL

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários