O incêndio devastou 80% do local
Reprodução/Prefeitura de Franco da Rocha
O incêndio devastou 80% do local

A prefeitura de Franco da Rocha informou na manhã desta segunda-feira (24), que após 40 horas de trabalho, bombeiros e brigadistas conseguiram conter o incêndio no Parque Estadual de Juquery. O fogo, que começou a se alastrar no domingo (22), devastou 80% da área e causou uma  chuva de fuligem em vários pontos da região. 

Carca de 130 profissionais, entre bombeiros e brigadistas, estavam no local para conter o avanço do fogo. A prefeitura fez uma publicação em sua página no Facebook informando a situação. 

"Já passa de meia-noite e o fogo finalmente vai chegando ao fim. As equipes estão próximas de encerrar a operação, não da forma que gostaríamos, é claro, mas com a certeza que o Parque Estadual do Juquery ressurgirá das cinzas com ainda mais força", confira:

As equipes continuam no local para identificar possíveis pontos de incêndio que restaram. A suspeita é que o fogo tenha começado por um balão que caiu no local

Onze pessoas foram detidas no domingo (22) , após suspeitas de que estavam soltando balões. Um advogado de 44 anos foi preso em flagrante e confessou ter soltado o objeto. Os demais suspeito foram multados no valor de R$ 10 mil por infração ambiental. 

O parque foi em criado em 1993 e fica localizado entre os municípios de Caieiras e Franco da Rocha. Além de abrigar a maior área remanescente de cerrado na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), ele também é responsável por 56,70% do abastecimento de aguá da região. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários