Posto de combustível após explosão
Reprodução
Posto de combustível após explosão

Uma das vítimas da  explosão de um posto de combustível em Rio Claro, no interior de São Paulo, morreu na madrugada desta quinta-feira (1º). Trata-se de Jovino Rocha de Andrade, de 42 anos, que estava internado na Santa Casa. A outra vítima segue em estado grave em Unidade de Terapia Intensiva, segundo informações do Uol.

A perícia investiga a causa do incêndio, que resultou em explosão na noite de quarta-feira. Os peritos da Polícia Civil querem saber qual o produto químico teria provocado a explosão.

Segundo a Defesa Civil, além do posto de combustível, o incêndio também atingiu um restaurante, um estacionamento e o alojamento de funcionários. Onze veículos foram danificados com o impacto da explosão.

De acordo com o R7, dezessete pessoas foram socorridas, sendo duas em estado grave.  O incêndio teria começado na roda de um dos caminhões, mas foi se alastrando rapidamente até atingir um outro caminhão carregado com produto perigoso inflamável.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários