Thiago da Conceição, morto por bala perdida no Rio
Reprodução
Thiago da Conceição, morto por bala perdida no Rio

 Morto na operação "Coalizão do Bem", realizada na manhã desta sexta-feira, dia 18, pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, Thiago Santos da Conceição, de 16 anos, foi morto com um tiro na testa.  Como resultado da ação conjunta da polícia, além do adolescente, outras três pessoas morreram e uma ficou ferida, que está em estado grave.

Segundo o tio do jovem, Giovani Gilson, o garoto havia acabado de acordar, saiu do quarto e, indo em direção à janela, foi baleado na testa. A incursão policial mirou uma quadrilha de criminosos escondidos no Rio que teria ordenado ataques em Manaus e movimentado mais de R$ 125 milhões junto à maior facção criminosa fluminense.

Você viu?

— Ele era muto tranquilo, não tinha envolvimento com nada e não tinha amizades ruins. A polícia não deu nenhuma explicação, muito pelo contrário. Nem socorrer, socorreu ele. O tiro partiu deles, a Polícia Civil era a única força"militar" que estava na comunidade naquele momento.

De acordo com o tio, Thiago estudava no colégio estadual Souza Marques e cursava o segundo ano. Também fazia curso de arco e flecha e alimentava o sonho de seguir a carreira militar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários