Reprodução
"Acho difícil uma terceira via consensual", opina Alexandre Kalil sobre a corrida ao Planalto em 2022

O prefeito de Belo Horizonte , Alexandre Kalil (PSD), concedeu uma entrevista ao site O Globo e afirmou que as chances de apoiar o presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2022 são pequenas e que acredita ser difícil viabilizar uma candidatura de 'terceira via'.

Kalil criticou o atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), pela aproximação com o governo federal e disse que "agora é tarde [para se desvincular], com 500 mil corpos empilhados. Não é hora de mudar de lado. Tem o lado de quem defendeu a vida e de quem não defendeu a vida."

Você viu?

Em relação a "motociata" de Bolsonaro - que já aconteceu em Brasília, no Rio de Janeiro e em São Paulo - o prefeito ressaltou que, caso passe por Beloo Horizonte, o presidente da República será multado.


Kalil ressaltou que não se vê como candidato ao Planalto nas eleições do ano que vem, porém, diz que está "no tabuleiro, no jogo. Não vou me tirar do jogo." Sobre o pleito federal, Alexandre acredita ser difícil viabilizar uma candidatura de terceira via.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários