Pai de Dr. Jairinho terá ação por corrupção julgada novamente
Reprodução
Pai de Dr. Jairinho terá ação por corrupção julgada novamente

Coronel Jairo, ex-deputado estadual do Rio de Janeiro e pai de  Dr. Jairinho - acusado de assassinar o menino Henry Borel, de 4 anos -, foi beneficiado através de uma decisão judicial do Superior Tribunal Federal (STF). Seu processo por corrupção, que tramitava há mais de dois anos, passará por um novo julgamento e terá um novo juiz.

A acusação que envolve Jairo é a de que ele integrou uma quadrilha com o ex-governador Sérgio Cabral (MDB), na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e teria recebido R$2,8 milhões em propina. Em 2018, o ex-deputado foi preso durante a Operação Furna da Onça.

Parte da denúncia alega que o avô do menino assassinado pelo seu filho "recebia o montante mensal de R$ 50.000,00, além de ajuda financeira para campanha eleitoral".


Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal, confirmou que enviou o caso do Coronel Jairo para um novo juízo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários