Caso Henry: Pai de Monique acredita na inocência da filha e de Jairinho
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Caso Henry: Pai de Monique acredita na inocência da filha e de Jairinho

O pai de Monique Medeiros, mãe de Henry Borel,  acredita que tanto a filha como o vereador Jairinho são inocentes e não tem relação com a morte da criança. Henry Borel foi morto enquanto ainda estava em casa na madruga do dia 8 de março, e tanto a mãe quanto Jairinho dizem ser inocentes. A declaração do pai de Monique foi divulgada neste domingo (11), durante entrevista ao Fantástico, da TV Globo.

"Eu acredito que ainda tem dois inocentes, mas isso ainda pode ser provado e eu vou aguardar. Minha filha está presa, tem um monte de irregularidades, não posso comentar a respeito agora para não atrapalhar a investigação".

Prisão dos acusados

Na última quinta-feira (8), a mãe Monique Medeiros e Dr. Jairinho foram presos no Rio de Janeiro. Henry, que estava no apartamento da mãe e do padrasto, foi levado por eles ao hospital, onde chegou já sem vida na madrugada de 8 de março.

O casal foi preso por suspeita de homicídio duplamento qualificado, por atrapalhar as investigações e por ameaçar testemunhas para combinar versões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários