Ministro Pazuello  participou de reunião com o Senado na última semana
TV Senado / Reprodução
Ministro Pazuello participou de reunião com o Senado na última semana

Integrantes da cúpula do Senado estão buscando um entendimento para que seja adiada a instalação da  CPI da Covid — que terá como objetivo "apurar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento da Covid-19 no Brasil e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas". A apuração é da jornalista Thaís Arbex, da CNN Brasil.

Na última sexta-feira (14), o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse que pretende discutir com os senadores a abertura da comissão. Uma ala do Senado, porém, acredita que uma CPI tensionaria ainda mais o ambiente político no país.

O requerimento da investigação foi apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) no dia 4 deste mês.  O documento tem 32 assinaturas, cinco a mais que o necessário.

Pacheco deve se reunir com os líderes na próxima quinta-feira (18) para debater o tema. Aliados do presidente defendem que a Casa espere o avanço das investigações contra o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no Supremo Tribunal Federal (STF).

Além disso, alguns senadores acreditam que uma CPI não possa ser realizada durante o período que a Casa trabalha remotamente. A avaliação é de que a condução de uma CPI sem a presença física dos senadores poderia ser conturbada. 

Pazuello participou de sessão no Senado na semana passada.  O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse à CNN na última sexta (12) que a instalação da CPI será avaliada "à luz de todas as explicações que foram dadas pelo ministro”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários