fachada
Google Street View
Cisam, maternidade na qual menina passou por processo para interromper gravidez

A menina de 10 anos que  precisou viajar do Espírito Santo até Pernambuco para interromper uma gravidez indesejada após estupros do tio recebeu alta do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), no Recife. A informação foi divulgada pelo hospital nesta quarta-feira (19).

O dia e a hora exatos da alta da criança, porém, não foram divulgados para que a identidade e segurança dela fossem preservados. Após um vazamento de dados sigilosos sobre o paradeiro da menina no domingo (16), um grupo de religiosos se reuniu na frente do hospital para tentar impedir o procedimento.

A gravidez foi interrompida após um processo de duas etapas, finalizado na segunda-feira de manhã. A criança passa bem. O tio dela foi preso mais de 10 dias após o crime escondido na casa de parentes em Betim, na grande Belo Horizonte.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários