Paraisópolis
Reprodução/Facebook
Parque seria uma nova opção de lazer para a comunidade.

Um grupo de moradores do bairro do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo, pediu permissão à Prefeitura da capital para construir um muro de três metros de altura na divisa com o futuro Parque Paraisópolis . A conclusão das obras do parque está prevista para outubro de 2020.

A Associação dos Amigos do Jardim Vitória Régia, que são vizinhos à área que será ocupada pelo parque, enviou uma carta à secretaria do Verde e Meio Ambiente solicitando algumas condições. São elas:

  • Criação de um único acesso pela Rua Silveira Sampaio (em Paraisópolis), eliminando outras entradas para o local
  • Aprovação de Regulamento de Uso que prevê horário de funcionamento de 7 às 19h
  • Proibição de realização de piqueniques e proibição de entrada de carros, motos e bicicletas, pessoas com animais e de "pessoas cujas atitudes agridam a moral e os costumes dos usuários do Parque".
  • Análise sobre a possibilidade da construção de um muro de 3 metros de altura ao longo da divisa do parque.

A lei que prevê a criação do parque foi promulgada em 2008. Entretanto, as obras só começaram em 2019, quando o projeto foi finalizado. O parque faz parte do Plano de Metas 2019/2020 da gestão de Bruno Covas (PSDB). O local irá ocupar uma área de 68.150 metros quadrados e, segundo a secretaria do Verde e do Meio Ambiente, as obras foram contratadas à R$ 2,4 milhões.

O objetivo da construção do parque seria dar uma opção de lazer para os moradores da comunidade, que é a segunda maior do Brasil com mais de 100 mil habitantes. Em dezembro do ano passado, uma ação policial em um baile em Paraisópolis deixou nove mortos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários