Sede da Prefeitura de São Paulo
Guilherme Cunha/SMTUR
Sede da Prefeitura de São Paulo

Um grupo de moradores em situação de rua acampou em frente à Prefeitura de São Paulo na tarde desta quarta-feira (8), no Viaduto do Chá, em um gesto de protesto pelas mortes por Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Os mroadores são integrantes do Movimento Nacional da População de Rua, do Movimento Estadual da População de Rua e do Fórum da Cidade. Eles chegaram ao local na noite desta terça com tendas plásticas.

A reivindicação do grupo é que o governo municipal implemente hotéis sociais para populações vulneráveis, medida prevista para a pandemia que ainda não saiu do papel.

Durante a tarde de hoje, houve um momento de tensão com a Guarda Civil Municipal (GCM), que enviou tropas até o local.

A Comissão de Direitos Humanos da OAB foi acionada e recebeu a informação do inspetor da GCM de que se tratou de troca de guarda e que não há ordem para a retirada dos manifestantes.

De acordo com o Movimento Nacional da População de Rua, pelo menos 40 moradores em situação de rua morreram de Covid-19 desde o início da pandemia na capital paulista.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários