metrô são paulo
Ricardo Galuppo / Imagem de arquivo
Uso de máscaras se tornou obrigatório nos transportes coletivos de São Paulo

A implantação de um sistema que consegue medir a temperatura dos passageiros do metrô de São Paulo está sendo testada. Uma câmera foi instalada nesta quinta-feira (2) em uma catraca localizada na estação da Sé, no centro da capital paulista.

Os passageiros que registrarem t emperatura acima de 37,5ºC serão impedidos de entrar. A temperatura alta é um dos sintomas da Covid-19 e o sistema é uma tentativa de evitar a disseminação do novo vírus nos transportes coletivos.

O sistema funciona com base em um monitor , que gera um alerta assim que percebe temperaturas elevadas. Um funcionário do metrô vai se deslocar para o local com o intuito de encaminhar o passageiro febril para um posto de saúde.

Até 2 mil pessoas por minuto conseguem ser avaliadas pelo sistema, que possui sensores faciais e identificam o rosto da pessoa e se ela está de máscara.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários