Militares em formação no Navio Auxiliar Pará
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Militares em formação no Navio Auxiliar Pará

Cerca de 34 militares das Forças Armadas foram enviados pelo Ministério da Defesa desde o início da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) para a combater a Covid-19 na linha de frente contra a doença. A informação foi divulgada pela pasta nesta quinta-feira (25) e é um número superior à quantidade de oficiais enviados à 2º Guerra Mundial, que foi de 25,8 mil.

Ainda de acordo com o Ministério da Defesa, 7.090 desses foram militares foram contaminados pelo novo coronavírus. Desse total, 1.544 estão em recuperação e 20 morreram.

Entre as atividades realizadas pelos militares estavam ações como a entrega de insumos para saúde por transporte terrestre e aéreo, descontaminação de espaços públicos e entrega de mais de meio milhão de kits de alimentação, incluindo atuações em ações de apoio a comunidades indígenas.

Para atuar na emergência de saúde pública, o Ministério da Defesa ativou 10 comandos militares pelo Brasil para acompanhar ações durante a pandemia, além de centros de coordenação em Brasília.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários