Governo de São Paulo anunciou hoje (24) o calendário de volta às aulas presenciais
Eduarda Esteves/iG
Governo de São Paulo anunciou hoje (24) o calendário de volta às aulas presenciais

O governo de São Paulo anunciou hoje o  plano de volta às aulas presenciais do ensino público e privado no estado.  O retorno será gradativo e através de um sistema híbrido, com aulas remotas e presenciais, adotando protocolos de distanciamento social e rodízio entre os alunos. A primeira fase está prevista para o dia 8 de setembro.

Questionado sobre o tempo de recuperação do calendário letivo, o Secretário de Educação Rossieli Soares afirmou que reposição deve levar de dois a três anos.

"O problema da aprendizagem será resolvido de dois a três anos. Nós temos um impacto muito grande. Estamos falando de algo que deverá ter um planejamento de recuperação que irá até o final de 2022. Para os estudantes finalistas, que não estarão com a gente por muito mais tempo, estamos dando a opção do quarto optativo", informou.

O secretário também explicou a escolha da volta se dar ao mesmo tempo em todo o estado.

"Quando paramos a educação, se optou por parar para o Estado todo, e o retorno será junto, podemos ter alguma exceção se algum município regredir", disse.

    Veja Também

      Mostrar mais