Bolsonaro
Marcos Corrêa/PR
Jair Bolsonaro

Após participar de um evento em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que há “um pouco de exagero” na abordagem contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) no país e voltou a defender a retomada de todas as atividades econômicas.

Leia também:

Bolsonaro afirmou à BandNews que a Organização Mundial de Saúde (OMS) comete equívocos, mas não justificou sua fala. Ele também pediu que governadores e prefeitos abram o comércio, “obviamente, com responsabilidade”.

O presidente foi duramente criticado pela abordagem negacionista contra a Covid-19 desde o começo da pandemia. Em um polêmico pronunciamento realizado em março, Bolsonaro afirmou que a doença não passava de uma “gripezinha”, e que pelo seu histórico de atleta, caso contraísse o vírus, não sentiria qualquer sintoma. 

Desde o começo da pandemia, a Covid-19 já matou mais de 50 mil brasileiros, segundo os números oficiais. Um levantamento aponta que o Brasil pode ter até 21 mil mortes subnotificadas, segundo a consultoria Lagom Data, estimativa que elevaria o número de óbitos por Covid-19 para 70 mil. 

    Veja Também

      Mostrar mais