Comércio do Rio de Janeiro fechado por causa do coronavírus; um senhor com máscara passa em frente a fachada da loja rei do mate
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Municípios do interior do estado se preocupam com chegada da Covid-19; na foto, comércio do Rio fechado


Em pronunciamento em vídeo pela página do Facebook, a prefeitura do município de Ponte Nova, de Minas Gerais, afirmou que as regras do comércio devem mudar a partir da próxima segunda-feira (22). Entre as novas regras, a prefeitura afirma que iniciará sistema de rodízio de pessoas na rua com base no último número do CPF dos moradores.


“Pessoas com o último número do CPF par, só poderão comprar em dias pares. Os cidadãos com CPF terminado em número ímpar, só poderão fazer suas compras nos dias ímpares”, explica a postagem.

Segundo o boletim em vídeo, Ponte Nova contabiliza até o momento 40 casos de Covid-19, nenhum óbito e um paciente em estado grave. No entanto, regiões vizinhas vêm sendo impactada pela onda de mortes causadas pela doença.

Além disso, a prefeitura avalia que curva do município está em ascendência, que deve começar a diminuir na metade do mês de julho. Mesmo com a atualização do decreto, ainda há incentivo para que a população fique em casa, use máscaras e só saia em casos de muita necessidade.

Medida foi adotada devido a chegada da Covid-19 a cidades do interior de Minas Gerais. Na última semana, Uberlândia superou o número de mortes de Belo Horizonte e se tornou epicentro da doença no estado. Governo estadual não descarta a possibilidade de adotar lockdown .

Belo Horizonte também tem cenário preocupante, já que a taxa de ocupação de leitos de UTI passou de 40% para 74%. O prefeito da capital, Alexandre Kalil (PSD), informou ainda que a  Fase 3 da reabertura da cidade será adiada.

    Veja Também

      Mostrar mais