Tamanho do texto

Em comunicado oficial, Governo do Rio comentou ação da polícia e disse que a política de segurança é baseada em "inteligência e investigação"

witzel arrow-options
Nelson Perez / GovRJ
Wilson Witzel

Em nota oficial publicada nas redes sociais neste domingo (22), o Governo do Rio de Janeiro se pronunciou sobre a ação na polícia na última sexta-feira (20), que resultou na morte de uma menina de oito anos.

Leia também: Haddad pede impeachment de Witzel: “assassino”

“O Governo do Estado lamenta profundamente a morte da menina Agatha, assim como a de todas as vítimas inocentes, durante ações policiais”, diz o comunicado. Ainda na rede social, o perfil do Governo do Rio afirma que o trabalho da polícia é “é baseada em inteligência, investigação e reaparelhamento das polícias”.

Leia também: "Já tivemos Garotinho. Não queremos um garotão", diz Crivella sobre Witzel

A nota ainda afirma que o trabalho policial “segue protocolos rígidos com a preocupação de preservar vidas”, e aponta que, desde que Wilson Witzel (PSC) os homicídios dolosos diminuíram 21% (menos 744 mortes), o menor índice desde 2013.

Leia também: Para Witzel, criminosos que atiram contra a população do Rio não merecem viver

Sobre a ação de sexta-feira, que resultou na morte de Ágatha Félix, o Governo do Rio de Janeiro afirmou que “criminosos realizaram ataques simultâneos em diversas localidades do Complexo do Alemão. Policiais da UPP Fazendinha revidaram à agressão e, após confronto, foram informados por moradores que a menina tinha sido atingida e levada para o Hospital Getúlio Vargas”. Witzel ainda não se pronunciou sobre a ação da polícia.