Tamanho do texto

Segundo Defesa Civil, em 12 horas choveu o que estava previsto para chover em 14 dias no município; equipes de resgate procuram por desaparecidos

deslizamento
Reprodução/Camaragibe Agora
Equipes dos Bombeiros e Defesa Civil juntam esforços para resgatar vítimas da queda da barreira em Camaragibe

Até o momento, sete pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingiram a região metropolitana do Recife, em Pernambuco, nessa quinta-feira (13). No município de Camaragibe, o deslizamento de uma barreira sobre quatro casas resultou na morte de cinco pessoas, enquanto que as outras duas foram de uma mulher, em Pina, zona sul da capital, e de uma adolescente em Jaboatão dos Guararapes.

De acordo com a Prefeitura do Recife , uma força-tarefa foi montada para minimizar os impactos causados pelas chuvas, que resultaram em deslizamentos, alagamentos de vias, quedas de árvores e cancelamentos de voos no Aeroporto Internacional do município. Segundo a Defesa Civil, em 12 horas, o volume de chuva registrado foi equivalente a 14 dias, em relação à média histórica do período (389,60mm).

As mortes em Camaragibe aconteceram por volta das 11h dessa quinta . Uma barreira caiu na Segunda Travessa Bom Jesus sobre quatro casas, que ficaram totalmente destruídas. Durante a tarde, o Corpo de Bombeiros retirou do local os corpos de Edilene da Conceição, de 30 anos; de Edvaldo Ferreira da Silva Filho, de 23 anos; de uma criança de três anos e de um bebê de 11 meses.

Na manhã desta sexta-feira (14), as equipes encontraram o corpo de Cauã Ricardo da Silva, de oito anos e um adolescente e uma criança ainda estão desaparecidos, segundo a corporação. Uma mulher foi resgatada com vida e encaminhada ao Hospital da Restauração, no centro do Recife.

Em nota, a Prefeitura de Camaragibe informou que o deslizamento aconteceu em uma área de risco que já estava sendo acompanhada pelas equipes da Defesa Civil.

Leia também: Manifestações fecham vias e causam longos engarrafamentos no Rio

No bairro do Pina, Mirelle Paula da Silva, de 34 anos, morreu depois que o carro em que ela estava afundou ao entrar em um túnel que estava inundado pela chuva . O caso aconteceu na noite de ontem e outras duas mulheres ainda não identificadas estavam no carro junto com a vítima, mas conseguiram sair do carro antes que ele afundasse.

Já em Jaboatão dos Guararapes, Maria Gabriela, de 17 anos, morreu e outros quatro familiares ficaram feridos (mãe e três irmãos) após uma barreira deslizar e atingir a casa das vítimas. A adolescente foi socorrida por moradores do bairro do Jardim Monte Verde, mas chegou à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) já sem vida. Os outros familiares ficaram feridos e estão em observação no hospital da região.

Leia também: Ônibus despenca de ribanceira de dez metros e deixa 27 feridos em Salvador

As equipes de resgate trabalham para atender às ocorrências no município e encontrar os que ainda estão desaparecidos. "As equipes da Defesa Civil estão circulando por toda a cidade e oferecemos abrigamento temporário para quem precisar, mas ainda não fomos procurados com nenhum pedido", informou a Prefeitura do Recife em nota.