Tamanho do texto

Mulher teve cartão trocado durante compra com vendedor ambulante e acabou com dívida de R$ 3 mil; Doria promete efetivo de 34 mil policiais

Blocos de rua devem atrair público de 5 milhões de pessoas em São Paulo neste carnaval
Tomaz Silva/Agência Brasil - 24.2.19
Blocos de rua devem atrair público de 5 milhões de pessoas em São Paulo neste carnaval

O carnaval de rua deve atrair público de 5 milhões de pessoas na cidade de São Paulo, segundo estimativas da Prefeitura. Muitos foliões já tiraram a fantasia do armário no fim de semana passado, quando mais de 200 blocos do pré-carnaval coloriram a cidade.

Leia também: Carnaval de 2019 será o primeiro em que assédio sexual será tratado como crime

Mas nem tudo foi festa na capital paulista. Foram registrados furtos, em especial de aparelhos celulares, e internautas denunciaram pelas redes sociais tentativas de golpes de vendedores ambulantes no carnaval

No Facebook e no Twitter, uma foliã denunciou que foi vítima de golpe na hora de usar o cartão de débito para comprar com um vendedor ambulante na noite do último sábado (23). Ela conta que o golpista usou da desculpa de que o sinal da rede wi-fi estava fraco para se afastar um pouco dela e trocar seu cartão por um idêntico.

Segundo relatou a vítima, o homem então estendeu de novo a máquina para cobrança, já com o cartão trocado inserido, e retirou o aparelho rapidamente após ela inserir a senha, para que não pudesse ver que a compra foi rejeitada. Durante o processo, um comparsa ficou de olho na senha digitada.

"Eu tive 'sorte' porque percebi na mesma hora que o cartão não era meu. Discuti com o cara, que se fez de desentendido, e achei melhor ligar logo para o banco para bloquear tudo. Enquanto eu ainda estava ao telefone com o banco, recebo um SMS: entrei no cheque especial", contou a vítima.

A mulher diz que os golpistas gastaram mais de R$ 3 mil em cerca de dez minutos. Após o episódio, ela foi à delegacia registrar boletim de ocorrência e encontrou outras pessoas que haviam passado pela mesma situação.

A vítima do golpe disse que o banco ainda está analisando seu pedido de ressarcimento, tendo a seu favor o fato de ter pedido o bloqueio do cartão imediatamente após o golpe. Com a ingrata experiência adquirida no episódio, a mulher deu dicas aos foliões:

"Se puder, leve dinheiro. Se tiver que passar cartão, jamais digite a senha com a máquina na mão do ambulante. Tente 'esconder' o teclado quando for digitar. Não caia nesse papo de 'wi-fi não funciona' e não deixe, sob hipótese alguma, o ambulante se afastar de você em posse do seu cartão. Sempre cheque se o cartão devolvido é realmente o seu", alertou.

Leia também: Banheiros químicos 'viram barcos' em enchente no Beco do Batman, em SP; assista

O plano de segurança de São Paulo para o carnaval

Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) promete policiamento maior durante o carnaval
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo - 2.2.19
Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) promete policiamento maior durante o carnaval

O governador João Doria (PSDB) divulgou nesta quinta-feira (28) as ações que sua gestão preparou para reforçar a segurança no estado durante o período de carnaval. Segundo o governo, somente a capital paulista contará com quase 34 policiais em serviço, sendo cerca de 24 mil militares e 10 mil civis.

O comandante-geral da Polícia Militar de São Paulo , coronel Marcelo Vieira Salles, explicou que as ações dos policiais serão realizadas em contato direto com os organizadores dos blocos de rua.

"[As ações serão realizadas] Desde a chegada nas estações de Metrô, nos acessos e no entorno. Nosso serviço de inteligência também atuará, preservando o entorno e no contato direto com a organização do evento para que a gente consiga fazer com que o evento se dê da melhor maneira possível", disse.

Leia também: Ministro da Educação dança frevo em público durante visita ao Recife; assista

Questionado sobre ocorrências de furtos durante o carnaval , o coronel Salles assegurou que a PM está preparada, mas pediu também "colaboração" das pessoas. "No último fim de semana, prendemos um infrator que estava com 20 celulares. Nossa tropa está totalmente orientada nesse sentido e também temos que contar com a colaboração das pessoas. Você pode procurar o policial", acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas