Tamanho do texto

Mulher viajou de uma estação para outra com o seio preso na porta, mas não teve ferimentos e seguiu viagem após rápido atendimento de funcionários

Mulher fica com o seio preso em porta do metrô do Rio de Janeiro
Divulgação/MetrôRio
Mulher fica com o seio preso em porta do metrô do Rio de Janeiro


Uma mulher teve que viajar uma estação inteira do metrô do Rio de Janeiro com um dos seios preso entre as portas da cabine. A usuária, que entrou na estação São Cristóvão, só pôde ser atendida na parada seguinte – estação Cidade Nova. O caso aconteceu por volta das 7h20 desta sexta-feira (22), horário de grande aglomeração nos transportes públicos da cidade.

Leia também: Vídeo mostra criança correndo do colo da mãe antes de ser morta no Metrô de São Paulo

De acordo com a Metrô Rio, empresa responsável pelo metrô do Rio de Janeiro, a passageira foi atendida assim que desceu na Cidade Nova e foi levada para um local de descanso. Apesar da insistência de funcionários, a mulher se recusou a comparecer em um pronto-socorro e preferiu continuar viagem após alguns minutos.

A empresa também garantiu que os sinais sonoros acionados antes de cada fechamento de portas nos trens seguem em funcionamento e alerta os usuários sobre os perigos de entrar nas cabines após os avisos.

Leia também: Trens da Linha 15-Prata do monotrilho colidem na zona leste de São Paulo

Leia a nota completa da Metrô Rio:

O MetrôRio lamenta o ocorrido e informa que, por volta das 7h20, uma mulher foi atendida por uma equipe da concessionária na sala de repouso da estação Cidade Nova. A cliente não quis ser levada ao hospital, assinou o termo de recusa e decidiu seguir viagem.

O MetrôRio conta com sinais sonoros nas estações e nos trens para alertar e avisar os usuários do fechamento das portas. Além disso, avisos afixados na composição trazem o mesmo tipo de orientação. Também produz campanhas educativas permanentes, em vídeos e anúncios impressos, que são divulgadas nas redes sociais. Nas estações, os agentes de segurança orientam os passageiros visando impedir a ocorrência de acidentes .

Leia também: São Paulo tem enchentes, congestionamento e falhas na CPTM após temporal 

Cerca de 850 mil pessoas utilizam o metrô do Rio de Janeiro por dia. A cidade possui quatro linhas. O acidente desta sexta-feira aconteceu na Linha 2, que liga a estação Pavuna a estação Botafogo.