Tamanho do texto

Prefeitura de Tietê adotou medida que reduz temperatura em até 10%; nas redes sociais, internautas criticaram a ideia e pediram a plantação de árvores

Segundo a prefeitura, a técnica de pintar o asfalto de azul vem dos conhecimentos obtidos na área de Climatologia
Divulgação
Segundo a prefeitura, a técnica de pintar o asfalto de azul vem dos conhecimentos obtidos na área de Climatologia

A prefeitura da cidade de Tietê, no interior de São Paulo, decidiu pintar o asfalto de azul ciano para diminuir a temperatura. De acordo com a prefeitura, a cor reduz a temperatura em 10% e auxilia na economia de energia elétrica e na redução da evaporação, o que torna o ambiente mais fresco para pessoas, plantas e animais.   

Leia também: Prefeitura divulga foto de asfalto 'fake' e imagem viraliza na internet

Na última segunda-feira (14), a calçada e o asfalto em frente ao prédio da  Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Desenvolvimento Sustentável (Semades) foram pintados com a cor. Segundo a prefeitura, a técnica de pintar o asfalto de azul vem dos conhecimentos obtidos na área de Climatologia cursada em Zootecnia.

A técnica é de fácil aplicação e de baixo custo, sem contraindicações e pode ser aplicada em pavimentos, calçadas, pátios, estacionamentos, ruas, estradas, telhados de escolas, hospitais, prédios públicos, pontos de ônibus e outros locais. 

Leia também: Câmeras flagram dez  ladrões atrapalhados que provam que o crime não compensa

Para a certificação dos resultados, a Semades comparou a temperatura do asfalto e das áreas recém-pintadas com um termômetro digital. No lado em que o asfalto não foi pintado a temperatura registrada chegava a 53,1 Cº já na parte com a cor azul ciano o termômetro marcou 45,8 Cº.

Apesar da inciativa com retorno em curto prazo, a medida foi questionada pelos internautas nas redes sociais.  “Primeiramente deveria reformar (pintar) as escolas da cidade pra depois pintar as ruas, trabalho na área da educação e estou indignada com essa atitude da prefeitura, vamos começar o ano letivo e as escolas sem manutenção. Comparar a cidade com outros países de primeiro mundo esta me parecendo piada”, criticou uma usuário em um post da prefeitura no Facebook.

Leia também: Mãe é presa ao tentar vender filho de 12 anos, na Bahia

“Não seria melhor, mais eficiente, mais barato e mais saudável plantar árvores? Está provado através de pesquisas sérias que ruas arborizadas apresentam temperatura até 14 graus mais amenas do que ruas sem árvores, na mesma cidade”, sugeriu outro internauta como alternativa ao asfalto de azul.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.